Ácido glicólico

O ácido glicólico é sem dúvida um dos esfoliantes preferidos para quem está procurando dar aquele glow, luminosidade e um mega efeito antiage na pele. Nesse post, vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre esse grande (pequeno) ativo.

O que é o ácido glicólico?

O ácido glicólico é um ácido esfoliante comumente utilizado na dermocosmética que tem sido amplamente analisado e que por esse motivo é tão bem falado por aí. Faz parte da família dos alfa-hidroxiácidos (que também abriga o ácido mandélico), presente em várias frutas, e por isso é conhecido como um "ácido frutal"1. Por ser o menor dos alfa-hidroxiácidos, tem a capacidade de penetrar mais profundamente na pele e, graças a isso, é o ácido mais potente2.

Para que serve o ácido glicólico?

De forma resumida, o uso desse ativo tem uma multiplicidade de benefícios:

  • Melhora a textura da pele.
  • É antiage.
  • Dá brilho e luminosidade.
  • Previne a formação de cravos.
  • Clareia manchas.

A continuação e em detalhe, cada um desses benefícios!

Quais são os benefícios do ácido glicólico?

Para começar, e como todos os esfoliantes químicos, o ácido glicólico promove a descamação das camadas mais superficiais das células da pele e evita que as células mortas se acumulem. Dessa forma, favorece a renovação celular, normaliza a espessura da epiderme e uniformiza a textura da pele. Por vários motivos, como passar dos anos ou alterações hormonais, a renovação das células da pele pode ser afetada e com isso provocar um acúmulo de células mortas na superfície. Em consequência, os poros são obstruídos, a pele pode engrossar e perder luminosidade1. O ácido glicólico evita que tudo isso aconteça e essa é uma das principais razões pelas quais promove o rejuvenescimento da pele3.

Por outro lado, seu uso frequente reduz linhas de expressão e rugas finas aumentando os níveis de colágeno, elastina e ácido hialurónico da derme. Esse é outro dos motivos pelos quais este ácido funciona como um excelente antiage3.

Ao mesmo tempo, devolve aquele viço saudável e luminosidade graças ao seu grande poder esfoliante3. Mas, porque esfoliar a pele dá brilho e luminosidade? A resposta a essa pergunta é netamente física e inclui ângulos, vetores e vários parâmetros um tanto complexos. Mas, para entendê-lo de forma simples, pensemos na seguiente analogía:
Quando vemos um mar calmo, com uma superfície bem lisa e plana, percebemos bem melhor o reflexo da luz do que quando o mar está agitado (de fato, quando o mar está calmo chamamos de "espelho d'água" e vemos como a luz brilha sobre a sua superfície). No caso da pele acontece a mesma coisa: quando muitas células mortas se acumulam sobre a superfície da pele, ela fica irregular (como um mar cheio de ondas) e perde o brilho. Se o acúmulo de células mortas não for tanto, por exemplo; no caso de uma pele mais jovem ou pelo uso de esfoliantes, a textura da pele melhora e brilha mais.

Além disso, o ácido glicólico melhora a aparência das peles acneicas evitando que os poros se obstruam, prevenindo a aparição de cravos, que é o resultado da obstrução dos poros pela acumulação de sebo e células mortas1,4.

O ácido glicólico tem também a capacidade de clarear manchas e uniformizar o tom melhorando a distribuição da melanina: o pigmento da pele1,5.

Finalmente, minimiza bastante a aparência de cicatrizes graças a que estimula a produção de colágeno e elastina da derme1.

Quem tem pele sensível pode usar ácido glicólico?

Uma coisa importante antes de começar a usar o ácido glicolico é que pode irritar a pele, por isso não é recomendável para peles sensíveis2. Para esse tipo de pele, recomendamos o ácido maltobiônico presente no Ácido renovador Esfoliante MB.

O ácido glicólico deixa a pele mais sensível ao sol?

Sim, o uso desse componente deixa a pele mais sensível ao sol já que estimula a renovação celular. Isso significa que é fotossensibilizante. É por isso que é muito importante acompanhar o seu uso com um protetor solar com FPS 30 ou maior, coisa que sempre devemos lembrar de fazer para proteger a nossa pele dos efeitos prejudiciais dos raios UV1.

Qual a concentração ideal do ácido glicólico?

Segundo os especialistas do Cosmetic Ingredient Review (CIR), a concentração considerada segura para uso em cosméticos é de até 10 % na forma livre do ácido, sendo o pH maior ou igual a 3,5. Concentrações que superam 10 % são de uso exclusivo para peelings profissionais para tratar o fotoenvelhecimento, acne, cicatrizes, melasma e distúrbios de pigmentação1,6.

Para ler mais sobre esfoliantes químicos com ácido glicólico ou outros esfoliantes, recomendamos a leitura dos seguintes posts no nosso blog:

Em qual produto da The Chemist Look se encontra esse ativo?

Esfoliante com ácido glicólico

O Ácido renovador Esfoliante GA possui ácido glicólico em uma concentração de 8 % e uma combinação de extratos botânicos (aloe, calêndula, malva, camomila e chá verde) com ação antioxidante e calmante que diminui a possibilidade de irrritação própria do ácido, além de melhorar sua tolerância.

É o esfoliante antiage mais potente e o que proporciona maior luminosidade. Previne e corrige sinais de envelhecimento, uniformiza a textura da pele, clareia manchas e melhora a elasticidade da pele. Além do mais, graças a sua ação esfoliante, melhora a aparência de peles acneicas e evita a obstrução dos poros.

Como usá-lo?

Recomendamos aplicar 4 gotas aproximadamente do ácido renovador Esfoliante GA no rosto. Espalhe com os dedos e massageie suavemente. Pode ser utilizado tanto pela manhã como à noite, não tem enxágue, deve ser aplicado após a emulsão de limpeza, e antes do Booster. É importante acompanhar seu uso com a aplicação diária de protetor solar com FPS 30 ou maior e evitar a exposição prolongada ao sol.

Quem deveria usar o Esfoliante GA?

O GA é o ácido renovador esfoliante ideal para somar luminosidade e reverter sinais de envelhecimento. Também é ideal para uniformizar o tom e a textura da pele. Porém, não é indicado para peles sensíveis.

Posso combinar o Esfoliante GA com algum outro esfoliante?

Sim. Você pode alternar o uso com outro esfoliante ou aplicar os dois todos os dias, dependendo da resposta e da tolerância da sua pele.
Você pode encontrar o ácido renovador Esfoliante GA junto com outro Esfoliante no kit Duo Esfoliantes. A combinação dos dois potencializa os benefícios de cada um deles e acrescenta os benefícios específicos de cada um. Escolha a dupla mais adequada para sua pele!

O Esfoliante GA pode ser usado no verão?

Sim, porém é importante acompanhar seu uso com a aplicação diária de protetor solar com FPS 30 ou maior e evitar a exposição prolongada ao sol. É importante saber que isso não é válido só durante o verão: mas é aplicável para todas as estações do ano.

Esperamos que toda essa informação tenha sido útil! Se tiver dúvidas, entre em contato!

The Chemist Look Team

 

  1. Draelos, Zoe Diana, and Lauren A. Thaman. Cosmetic Formulation of Skin Care Products. Cosmetic Science and Technology Series - Volume 30.
  2. Farris, Patricia K, and Barbara A. Green. Cosmeceuticals and Cosmetic Practice - Cosmeceutical Uses and Benefits of Alpha, Poly and Bionic Hydroxy Acids. Chichester, West Sussex, Uk John Wiley & Sons Ltd, 2014.
  3. Kornhauser, Andrija. “Applications of Hydroxy Acids: Classification, Mechanisms, and Photoactivity.” Clinical, Cosmetic and Investigational Dermatology, Nov. 2010, p. 135, 10.2147/ccid.s9042. Accessed 30 Nov. 2019.
  4. Kontochristopoulos, Georgios, and Eftychia Platsidaki. “Chemical Peels in Active Acne and Acne Scars.” Clinics in Dermatology, vol. 35, no. 2, Mar. 2017, pp. 179–182, 10.1016/j.clindermatol.2016.10.011. Accessed 5 Dec. 2019.
  5. Tung, Rebecca C., et al. “Alfa- Hydroxy Acid - Based Cosmetic Procedures.” American Journal of Clinical Dermatology, vol. 1, no. 2, Mar. 2000, pp. 81–88, 10.2165/00128071-200001020-00002. Accessed 9 Dec. 2020.
  6. Cosmetic Ingredient Review (CIR). Safety Assessment of Alpha Hydroxy Acids as Used in Cosmetics. 13 Nov.2013.
Ingredientes

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.